O que é PIB: a métrica da prosperidade econômica nacional

O que é PIB
5
(4)

Quando falamos em economia, diversos termos difíceis aparecem em nossa cabeça. Contudo, existem alguns que são fundamentais conhecer, principalmente por estarem presentes o tempo inteiro na TV, nos jornais e no que determina bons investimentos. Sendo assim, entender o que é PIB é fundamental para saber o que suas variações podem causar no país.

Mesmo que pareça algo simples, o PIB é um indicador importante e que possui variáveis que podem demandar atenção. O Produto Interno Bruto é fortemente influenciado por industrializações como agricultura e manufatura e isso requer entendimento, principalmente para quem investe.

O mais importante para entender, são as diretrizes que envolvem os parâmetros que afetam a economia. Portanto, todas as principais vertentes do índice, necessitam de atenção e entendimento. Para saber mais sobre essa métrica, continue lendo o artigo.

Índice:

O que significa PIB?

A sigla tem o significado de Produto Interno Bruto. Representa a soma dos serviços e bens, fabricados no Brasil, em um determinado período. Por se tratar de uma métrica brasileira, seus valores são calculados em real, a moeda local.

Contudo, mesmo sendo algo local, os valores sempre são convertidos em dólar para facilitar a comparação. Conforme a análise feita através do PIB, são feitos comparativos para descobrir a variação que aconteceu entre um determinado período e outro.

Existem alguns indicadores importantes para a macroeconomia, usados com objetivo de indicar e mensurar a economia em um país. O PIB tem como principal objetivo avaliar as regiões, e quais delas cresceram ou deixaram de crescer dentro daquele período pré-estabelecido.

Algumas metodologias são usadas para realizar esses cálculos, assim como suas modalidades. Entretanto, esse é um indicador comum que é usado no mundo todo, por isso, é importante saber o que é PIB. Inclusive, esse tipo de cálculo foi padronizado em 1993, pelo Sistema de Contas Nacionais.

PIB nominal

Leia também:

O Imposto de Renda Explicado: Tudo o que você precisa saber

O documento teve como principais colaboradores o Banco Mundial, o FMI (Fundo Monetário Internacional), OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico), a ONU (Organização das Nações Unidas) e a Comissão das Comunidades Europeias. Sendo assim, a padronização auxiliou no processo de acompanhar o desenvolvimento de vários países que possuem moedas e economias distintas.

Quais são os tipos de PIB?

Para entender o que é PIB, é preciso conhecer os tipos que existem, para assim, acompanhar como os cálculos são feitos. Cada um deles requer comparações e avaliações diferentes uns dos outros. Dentre eles estão:

1.    PIB Nominal

O indicador que calcula o preço corrente é conhecido como PIB Nominal. Sendo assim, ele serve para mostrar a variação que existe na produção em determinada região, sem tirar a inflação. Mesmo sendo um tipo muito calculado, existe a problemática inflacionária que pode alterar os seus valores.

Por exemplo, tenha em mente que o cálculo do ano de 2022 para a produção de sal foi de R$ 5,00 o quilo. No ano seguinte, a produção no mesmo local e da mesma quantidade de sal produzida foi de R$ 7,00. De forma prática o PIB cresceu, mas também existe a inflação envolvida.

2.    PIB Real

A diferença entre o PIB Real e o nominal e exatamente a exclusão da inflação no seu cálculo. No caso do PIB Real, o valor inflacionário também é excluído para mostrar o impacto da variação da produção, mas não pelos preços.

Portanto, a partir do PIB Real, fica mais fácil chegar aos valores de deflação do PIB. Existe uma razão para que esse cálculo seja feito de forma diferente do PIB Nominal, e a regra é medir níveis de preços dentro da economia.

Sendo assim, considere novamente o nosso exemplo, e de como a produção de sal produzida a R$ 5,00 o quilo em um ano e no seguinte, 2 quilos serem produzidos por R$ 7,00. Nesse caso, o PIB Real do segundo ano é de R$ 7,00, sendo o PIB Nominal de R$ 10,00.

O cálculo mostra a produção com o acréscimo do preço base. Ou seja, nesse caso os preços são constantes, mas o efeito inflacionário é tirado do cálculo.

3.    PPC – PIB por paridade de poder de compra

Esse tipo de PIB é calculado para corrigir possíveis distorções que venham a acontecer no indicador. Quando acontecem comparações entre países, é necessário converter os valores da moeda para dólar, e isso gera distorções nos valores.

O cálculo quando é feito por paridade, corrige essas alterações, provocadas pelo câmbio, custo de vida, rendimentos, e as demais diferenças de um país para outro. Sempre relacionando a capacidade de aquisição de cada país.

4.    PIB Per Capita

Muita gente sabe o que é PIB por esse tipo. Nesse caso, o cálculo é feito, dividindo os números de produção pela quantidade de habitantes. Inclusive, esse é um dos índices mais usados para comprar e classificar países de renda alta, baixa ou média.

PIB percapita

Quando há um PIB maior, o país é considerado desenvolvido. O ranking de países de acordo com o PIB percapita, mostra os valores de acordo com a renda média da população. Essa é uma das melhores análises para comparar países, mas também tem suas limitações. Principalmente por ser possível um país com um PIB alto e ainda assim, ter um nível de desigualdade enorme.

Para que serve o PIB?

Por ser um indicador comum em vários países, é possível visualizar dados gerais da economia que ficam sob análise. Para entender como a economia de um país funciona, é preciso conhecer mais afundo a sua microeconomia, para analisar os resultados agregados.

Mesmo que o índice não leve em consideração, os índices de desenvolvimento de distribuição de renda, ele serve como um grande indicador de atividades econômicas para o país de uma forma geral. Isso acontece para exemplificar quando uma política econômica dá certo em um governo, além de ser um bom indicador para investidores.

Entretanto, para entender o que é PIB, é preciso mensurar esses índices, que pode causar confusão de início. Não se deve confundir o estoque de riqueza com números de produção quando se fala no Produto. É fundamental conhecer o conceito, para não apontar números e dados errôneos.

A produção de um país e de determinadas regiões são medidas pelo PIB, que faz a métrica considerando um período e não o estoque produzido. Portanto, o que o PIB mede à o fluxo de serviços e bens que são produzidos dentro de um determinado prazo. Em suma, é possível determinar que um país pode ter um estoque grandioso de riquezas, o que não quer dizer que ele produza em grande quantidade, e quando isso acontece, o valor do PIB é nulo.

O que é calculado no PIB?

O PIB calcula todos os itens produzidos num determinado prazo. Além disso, os bens de consumo, assim como materiais e capital, e até o número de serviços prestados, também são contabilizados pelo índice.

Sejam estes bens industriais, agrícolas, itens de manufatura, ou o que for. No caso da prestação de serviço, o que entra na conta do que é PIB, envolve os serviços realizados sob algum tipo de remuneração.

O que não é considerado no cálculo?

Tendo em mente tudo que é incluído no cálculo do PIB, compreender o que não é contabilizado no índice também ajuda a entender como a análise é feita dentro do período. Sendo assim, é preciso ter em mente tudo o que é produzido ao longo de um ano, por exemplo, e assim, terá o PIB daquele ano.

Imagine que um prédio que foi construído no ano de 2020, está contabilizado na produção do ano de 2020, obviamente, ano em que ele foi construído. Mesmo que ele continue existindo até hoje, e tenha o estoque, ele não pode ser contabilizado novamente, pois não foi produzido em outro período.

Como calcular o PIB

Considerando esse exemplo, as transações de bem, também não são contabilizadas. Imagine que uma pessoa venda um apartamento que está no prédio do primeiro exemplo, ele não afeta em nada o PIB, pois não foi produzido e sim vendido. Mesmo que o imóvel tenha tido alguma valorização.

Isso acontece porque o índice do PIB só pode contabilizar aquilo que é produzido durante o período escolhido. Sendo assim, o que é contado são bens produzidos, incluindo a matéria-prima usada na produção, já que se trata de um produto intermediário. Portanto, não faz sentido a contagem dupla.

Como calcular o PIB?

Para entender o que significa PIB, basta observar que se trata de mostrar como é atividade econômica do país, mas para entender como esses cálculos são feitos e como o valor final é analisado, é preciso contabilizar um período de tempo.

Esse indicador pode ser analisado de diversas formas e mostrar múltiplas possibilidades. Inclusive para comparar um período com outro, e países ou regiões com outras. Portanto, os cálculos envolvem o acompanhamento dessas atividades de produção, em escala local, regional e continental.

Além disso, também pode ser usado para comparar o desempenho do país em termos de produtividade ao longo dos anos. Bem como avaliar os setores e as regiões que possuem maior deficiência de produtividade.

As análises comparativas do PIB muitas vezes são feitas entre países distintos ou regiões, o que também permite uma avaliação do que pode estar levando a essa distinção de percentuais. Verificando assim, os ritmos de produção diferentes que acontecem em cada região do país.

Todas essas funções que explicam o que é PIB, e mostram como é o seu funcionamento, como calcular o PIB, são realizadas em linhas gerais do país, mas que também podem interferir no crescimento positivo. Além disso, é possível que alguns cálculos tomem por base, períodos maiores, analisando a trajetória do país como um todo, principalmente quando há decrescimento do PIB.

Vale ressaltar que é através dos índices do PIB, que se pode avaliar como cada um dos setores da economia estão contribuindo para um crescimento positivo no país.

Como calcular o PIB pela demanda

Para entender melhor como os cálculos são feitos, entenda como funciona essa análise com base na demanda do país, de suas despesas que são geradas pelos bens e serviços. Existem diversos agentes econômicos avaliados no período. Esses agentes, normalmente são divididos em 3 grandes grupos, sendo eles, empresas, governo e família.

Portanto, pela ótica da demanda, o que é calculado são consumos de famílias, gastos de governo e o investimento que é feito por empresas. Tudo isso fica associado a uma balança comercial, que subtrai ainda o total de importações e das exportações.

Tendo isso em mente, é normal incluir ainda, o VE (Variação de estoque), e a FBCF (Formação Bruta de Capital Fixo). Este segundo diz respeito aos investimentos que são feitos como os bens e seu capital. Portanto, toda a estrutura física que é voltada para a produção, diferente do estoque que diz respeito a produção em si.

O que significa PIB

A balança comercial tem valores que são incorporados aos bens exportados produzidos em território e analisados, porém, não consumidos dentro do mesmo. Contudo, por não serem consumidos, o número levanta outra variável já que o consumo fica de fora.

Com relação aos itens importados, existe uma lógica contrária. O que é consumido pelas famílias, ficam inclusos juntos, mesmo que não tenham sido produzidos no país, mas é preciso retirar esse total no final do cálculo.

Cálculo do PIB pela oferta

Já no que diz respeito a ótica da oferta, o cálculo é realizado ao somar o valor das empresas ao local. Também conhecido como VAB (Valor Adicionado Bruto), que mostra a diferença entre o valor do consumo intermediário e o valor da produção.

Para entender melhor, imagine uma padaria que vende bolos a R$ 50,00. Os produtos usados para fazer esse bolo incluem farinha de trigo e açúcar. Essas duas matérias-primas, pertencem à duas indústrias, a da lavoura de trigo e a açucareira. Sendo assim, o custo para produzir esse bolo, já possui os custos da matéria-prima incluídos.

Vamos imaginar que o custo da produção seja de R$ 30,00. Nesse caso o valor de R$ 20,00 é adicionado para a padaria como PIB de oferta. Essa ótica mostra o preço bruto, mas para calcular o valor de mercado, é necessário adicionar outros pontos de ajuste. Alguns impostos e subsídios também devem ser incluídos para subtrair do valor total.

Cálculo do PIB pela renda

No que diz respeito ao cálculo do PIB sobre renda, é necessário analisar o que é PIB e quais os agentes do país e da região que serão avaliados. O que se conta no cálculo são juros, salários de famílias, aluguéis e lucros.

Todos esses índices são somados ao EOB (Excedente Operacional Bruto). Dessa forma, segundo a oferta, o PIB dos preços de mercado, são mostrados ao somar impostos e retirar os subsídios.

Para concluir, o Produto Interno Bruto (PIB) é uma medida do valor monetário de todos os bens e serviços finais produzidos por um país em um período determinado. No entanto, é importante notar que o PIB não é uma medida perfeita do bem-estar econômico ou do progresso de um país.

Ele não leva em consideração fatores como a distribuição de renda, a qualidade de vida, o bem-estar social, o impacto ambiental ou o nível de desenvolvimento humano. Por isso, é importante usar outras métricas além do PIB para avaliar a saúde e o progresso de uma economia, como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), devem ser considerados para uma análise mais completa.

Produto interno bruto

FAQ – Perguntas frequentes sobre Produto Interno Bruto (PIB) 

Qual é o significado de PIB?

PIB significa Produto Interno Bruto. É uma medida do valor total de todos os bens e serviços finais produzidos dentro das fronteiras de um país em um determinado período de tempo, geralmente um ano.

O PIB é frequentemente utilizado como um indicador do tamanho e saúde da economia de um país, bem como do seu crescimento ao longo do tempo. O cálculo do PIB leva em consideração o consumo privado, o investimento, as despesas do governo e as exportações líquidas de um país (ou seja, suas exportações menos suas importações).

Embora o PIB seja um importante indicador econômico, ele tem suas limitações e não reflete completamente o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas em um país, pois não leva em consideração fatores como desigualdade de renda, qualidade ambiental, bem-estar social e distribuição de riqueza.

Qual é o objetivo do PIB?

O objetivo principal do PIB é fornecer uma medida da produção econômica de um país em um determinado período de tempo. Ele é frequentemente usado como uma medida do bem-estar econômico de uma nação e como uma ferramenta para comparar a economia de diferentes países.

Como calcular o PIB exemplo?

Para calcular o PIB, podemos usar o método da despesa, que considera os gastos totais da economia em bens e serviços finais durante um determinado período de tempo. Vamos supor que estamos calculando o PIB do Brasil para o ano de 2022. Aqui está um exemplo de como fazer isso usando o método da despesa:

  • Consumo privado (C): O consumo privado inclui todos os bens e serviços que as pessoas compram para seu próprio consumo. Isso inclui itens como alimentos, roupas, eletrônicos e serviços como cuidados médicos e educação. Para calcular o consumo privado, podemos somar todas as despesas das famílias em bens e serviços finais durante o ano. Suponha que o consumo privado no Brasil em 2022 foi de R$ 4 trilhões.
  • Investimento (I): O investimento inclui todos os gastos com a produção de bens e serviços que não são consumidos imediatamente. Isso inclui investimentos em máquinas, equipamentos, construção de prédios, infraestrutura e outros ativos produtivos. Para calcular o investimento, podemos somar todos os gastos das empresas e do governo em bens de capital durante o ano. Suponha que o investimento no Brasil em 2022 foi de R$ 2 trilhões.
  • Gastos do governo (G): Os gastos do governo incluem todos os bens e serviços que o governo compra para uso público, como educação, saúde, segurança, infraestrutura e outros serviços públicos. Para calcular os gastos do governo, podemos somar todas as despesas do governo em bens e serviços finais durante o ano. Suponha que os gastos do governo no Brasil em 2022 foram de R$ 1,5 trilhão.
  • Exportações líquidas (X – M): As exportações líquidas incluem o valor total das exportações de um país menos o valor total das importações. Isso significa que se o valor das exportações de um país for maior do que o valor das importações, o resultado será positivo e vice-versa. Para calcular as exportações líquidas, podemos subtrair o valor total das importações do valor total das exportações. Suponha que as exportações líquidas do Brasil em 2022 foram de R$ 500 bilhões.

Com base nessas informações, podemos calcular o PIB usando a fórmula:

PIB = C + I + G + (X – M)

Substituindo os valores, temos:

PIB = R$ 4 trilhões + R$ 2 trilhões + R$ 1,5 trilhão + R$ 500 bilhões

PIB = R$ 8 trilhões

Portanto, o PIB do Brasil em 2022 seria de R$ 8 trilhões. É importante notar que existem diferentes métodos para calcular o PIB, como o método da produção e o método da renda.

Para que serve o PIB

O método da produção se concentra na produção de bens e serviços em uma economia. Ele mede o valor total de todos os bens e serviços produzidos dentro das fronteiras de um país, independentemente de quem os comprou ou como foram usados. Para calcular o PIB usando o método da produção, pode-se somar o valor adicionado em cada setor da economia. O valor adicionado é a diferença entre o valor dos bens e serviços produzidos e o valor dos insumos utilizados para produzi-los.

O método da renda se concentra na renda gerada na economia. Ele mede o valor total de toda a renda gerada pelos fatores de produção, como trabalho e capital, durante um determinado período de tempo. Para calcular o PIB usando o método da renda, pode-se somar todas as formas de renda, como salários, lucros, aluguéis e juros.

Os resultados obtidos pelos diferentes métodos geralmente são semelhantes, mas podem haver algumas diferenças devido a fatores como o tipo de economia, a disponibilidade de dados e a precisão dos cálculos. É comum que os governos usem uma combinação dos três métodos para obter uma imagem mais completa da economia de um país.

Qual é o maior PIB do Brasil?

O estado com o maior PIB do Brasil é São Paulo, que representa cerca de um terço do PIB total do país. De acordo com dados do IBGE referentes a 2019, o PIB de São Paulo foi de R$ 2,57 trilhões naquele ano. Em segundo lugar, vem o estado do Rio de Janeiro, com um PIB de R$ 729 bilhões. Em terceiro lugar está Minas Gerais, com um PIB de R$ 608 bilhões.

Qual é o maior PIB do mundo?

O maior PIB do mundo atualmente é o dos Estados Unidos. Em 2021, o PIB dos Estados Unidos foi estimado em cerca de 22,67 trilhões de dólares, de acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI). o segundo maior PIB do mundo em 2021 é o da China, com uma estimativa de 16,31 trilhões de dólares. Já o terceiro maior PIB do mundo é o do Japão, com uma estimativa de 5,15 trilhões de dólares.

É importante ressaltar que as estimativas de PIB podem variar dependendo da fonte e da metodologia usada para calcular o valor econômico de um país.

O que você achou?

Toque nas estrelas para deixar sua avaliação!

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Gostou do Artigo? Compartilhe!

Informações claras e práticas sobre tudo o que você precisa saber para começar a investir em ações com segurança.
Você tem uma ideia de negócio? Não sabe por onde começar? Não se preocupe! Veja como começar um negócio em 8 passos simples e eficazes
Você sabia que a política monetária tem poder de controlar a inflação e estimular o crescimento econômico do país?
O Imposto de Renda descomplicado: conheça as regras, aprenda tudo o que precisa saber para declarar com confiança e garanta uma declaração sem erros.
error: O conteúdo está protegido!!